Saindo dos sistemas arcaicos tais como a escravatura ou de servidao, se quiseremos ter uma força de trabalho sobre forma de tempo ou de tarefas teem de se respeitar algumas regras contratuais. O emprego ou o trabalho é estabelecido por um contrato entre o patrao e o empregado qualificado ou não, afim de realisar um trabalho resultando de uma remuneraçao em troca. Este acordo de vontade entre as duas partes, no qual há uma subordinaçao directa entre o patrao e o seu empregado. Quanto a mao de obra, a empresa sendo uma pedra angular significante, deve se de analisar a escolha dos futuros empregados, que faram de tudo para aperfeiçoar o foncionamento das ditas empresas. O patrao tem a obrigaçao de garantir ao seu empregado, das boas condiçoes de trabalho, no qual este evoluirà pela forma de uma carreira.

A solicitaçao de em emprego manisfesta-se por um pedido de contrataçao ou de emprego, e de todos os documentos necessarios com este pedido tal como o curriculum vitae dito CV que recapitula a formaçao inicial e a experiencia profissional e uma carta de motivaçao. Encontramos exemplos de correio deste tipo, nos sites especialisados. Este pedido deve marcar a intençao particular de dever do patrao perante os informaçoes dadas pelo futuro empregado caso este seja admitido. No que diz respeito as missoes, as empresas podem encontrar pessoal para um curto periodo. Estas estabelemsem tambem ofertas de emprego sobre forma de pequenos anuncios. As agências de recrutamento e os caçadores de cabeças propoem igualmente um serviço de qualidade para encontrar a pessoa que corresponde melhor ao pedido da empresa que recruta.