Imobiliario e habitação sao dois termos que podem por vezes serem asemelhados ou até confundidos. O imobiliario toca sectores tais como construcçao, urbanismo, architectura. Ele existe globalmente nas transaçoes comerciais ou de caracter privado. Não podemos falar de imobiliario e de todos os sectores que rodeia sem falar de conselho, gerencia ou até promoçao entre outros. Todos estes sectores sao os pares das transaçoes imobiliarias de compra e venda assim como o aluguer de bens em questao.

Da sua definiçao etimológica, um bem imobiliario é considerado como sendo um bem que não pode em caso algum ser deslocado. Considera-se como sendo bens imobiliarios um terreno inexplorado, um imovel de uso de habitaçao, escritorios ou de uso mixto. É importante de notar que em direito desde o momento em que fazemos entrar dentro de um imovel um movel, este considera-se como imovel pelo facto da sua introduçao neste e o facto de o retirar distorce e prejudica a construção. Esta regra vai por isso se aplicar nas arbores plantadas ou plantaçoes na terra. Sao tambem consideraos fazendo parte de bens indissociaveis de um imovel tubos de conduçao da agua.

Depois deve-se tomar em conta os meios para adquerir por exemplo uma casa, chamar um organismo de emprestimo que financia a compra, o seguro indispensavel e obrigatorio e todas as profissoes que interveem na manutençao do seu domicilio ou do seu local de trabalho tal como escritorio, atelier ou até fábrica.